EMBALAGENS PLÁSTICAS NA BERLINDA - CONHEÇA EFEITOS DO BISFENOL-A, ENCONTRADO EM COPOS, GARRAFAS E MAIS

 

EMBALAGENS PLÁSTICAS NA BERLINDA - CONHEÇA EFEITOS DO BISFENOL-A, ENCONTRADO EM COPOS, GARRAFAS E MAIS

EMBALAGENS PLÁSTICAS COMO COPOS, GARRAFAS E ATÉ MAMADEIRAS PODEM CAUSAR DANOS PARA A SAÚDE, COMO PROBLEMAS CARDÍACOS E REPRODUTIVOS, ALÉM DE PREDISPOSIÇÃO PARA CÂNCER, DIABETES, HIPERATIVIDADE E OBESIDADE. A RESPONSÁVEL POR ESSES EFEITOS NOCIVOS É UMA SUBSTÂNCIA QUÍMICA ENCONTRADA NA FABRICAÇÃO DE PRODUTOS PLÁSTICOS, CHAMADA BISFENOL-A (BPA). LÍQUIDOS OU ALIMENTOS COLOCADOS EM RECIPIENTES PLÁSTICOS SÃO CONTAMINADOS POR ESSE COMPONENTE.

A ONG ‘NATIONAL WORKGROUP FOR SAFE MARKETS’ ANALISOU CERCA DE 50 TIPOS DE ALIMENTOS ARMAZENADOS EM EMBALAGENS PLÁSTICAS E O RESULTADO ASSUSTA: O BPA ESTAVA PRESENTE EM 92% DAS EMBALAGENS ESTUDADAS. DE ACORDO COM O MÉDICO ESPECIALISTA EM CARDIOLOGIA, NUTROLOGIA E MEDICINA PREVENTIVA SERGIO VAISMAN, A CONTAMINAÇÃO POR BISFENOL OCORRE, PRINCIPALMENTE, POR TEMPO DE ARMAZENAMENTO DO PRODUTO.

"QUANDO O ALIMENTO ESTÁ CONTIDO EM RECIPIENTES PLÁSTICOS, O BISFENOL É LIBERADO GRADATIVAMENTE NO PRODUTO. LEITE, FRUTAS E ÁGUA ARMAZENADOS EM GARRAFAS PLÁSTICAS, POR EXEMPLO, PODEM SER FACILMENTE CONTAMINADOS PELO BPA, JÁ QUE COSTUMAM FICAR EM CONTATO DIRETO E MUITO TEMPO DENTRO DOS RECIPIENTES. À MEDIDA QUE USAMOS ESTE TIPO DE EMBALAGEM, O REVESTIMENTO INTERNO DO PLÁSTICO ENTRA EM CONTATO COM O ALIMENTO, IMPREGNANDO-O COM ESSA SUBSTÂNCIA NOCIVA À SAÚDE", ESCLARECE VAISMAN.

UMA PESQUISA DA FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA DE HARVARD (ESTADOS UNIDOS) CONSTATOU QUE QUANDO EMBALAGENS DE PLÁSTICOS SÃO AQUECIDAS, COMO NO CASO DA MAMADEIRA, AUMENTA O RISCO DE CONTAMINAÇÃO POR BISFENOL-A NO CORPO. "VALE LEMBRAR QUE ALÉM DAS MAMADEIRAS, OUTRAS EMBALAGENS PLÁSTICAS PODEM RECEBER AQUECIMENTO, COMO POTES VENDIDOS PARA ARMAZENAR COMIDA E GARRAFAS PET, QUE ARMAZENAM REFRIGERANTE. MUITAS VEZES ESSES RECIPIENTES SÃO AQUECIDOS NO MICROONDAS OU, NO CASO DAS GARRAFAS, FICAM EMPILHADAS E EXPOSTAS AO SOL, NO MOMENTO DO TRANSPORTE E DA DISTRIBUIÇÃO DO PRODUTO. ISSO SIGNIFICA QUE AQUELE LÍQUIDO JÁ CHEGA ÀS LOJAS SATURADO DE BISFENOL-A", ALERTA O MÉDICO.

BISFENOL-A EM AÇÃO NO CORPO

O BISFENOL-A É CONSIDERADO UM XENOESTRÓGENO. ISSO SIGNIFICA QUE A SUBSTÂNCIA "IMITA" A FUNÇÃO DO ESTRÓGENO, HORMÔNIO FEMININO. "COMO O CORPO, TANTO DO HOMEM QUANTO DA MULHER, TEM RECEPTORES DE ESTRÓGENOS, O BPA INTERFERE NA AÇÃO DESSE HORMÔNIO E FUNCIONA NO LUGAR DELE. NAS MULHERES OCORRE UMA HIPERDOSAGEM DE ESTROGÊNIO, DEIXANDO A PESSOA MAIS SUSCETÍVEL AO CÂNCER DE MAMA. NO HOMEM, AUMENTA A INCIDÊNCIA DE CÂNCER DE PRÓSTATA", INFORMA O ESPECIALISTA.

ALÉM DISSO, O BISFENOL DESMASCULINIZA JOVENS DO SEXO MASCULINO, OU SEJA, O MENINO PERDE OU SOFRE DÉFICIT EM SUAS CARACTERÍSTICAS MASCULINAS. PODEM OCORRER: DIMINUIÇÃO DO PÊNIS, MÁ FORMAÇÃO DA URETRA E REDUÇÃO DA PRODUÇÃO DO NÚMERO DE ESPERMATOZÓIDES. "AO LONGO DOS ÚLTIMOS 40 ANOS TEM HAVIDO UMA DIMINUIÇÃO DA CONTAGEM DE ESPERMATOZÓIDES DOS HOMENS EM TODO O MUNDO. ISSO É DERIVADO DE ALGO QUE ESTÁ EM VOLTA DA GENTE, COMO ESTRESSE, FUMO, DROGAS E, É CLARO, O BISFENOL-A", PONTUA O MÉDICO.

NOS BEBÊS SÃO OBSERVADOS OS MESMO EFEITOS, PORÉM A LONGO PRAZO. SEGUNDO O ESPECIALISTA, CRIANÇAS EM CONTATO COM O BISFENOL-A PODEM SOFRER DEFICIÊNCIAS NOS ÓRGÃOS GENITAIS; DESENVOLVIMENTO DE GORDURA ABDOMINAL, FAVORECENDO A OBESIDADE; APARECIMENTO DE DIABETES TIPO 2 E, NO CASO DOS MENINOS, PUBERDADE TARDIA.

"QUANTO MAIS JOVEM, MAIS EXPOSIÇÃO AO BISFENOL A PESSOA JÁ SOFREU. IDOSOS, POR EXEMPLO, JÁ TÊM CONTATO COM O BPA HÁ ANOS. E COMO NÃO BASTASSEM TODOS OS EFEITOS NOCIVOS, A SUBSTÂNCIA AINDA É CAPAZ DE DIMINUIR A DEFESA IMUNOLÓGICA DO CORPO", ACRESCENTA VAISMAN.

AS EMBALAGENS SÃO SEGURAS?

O BPA FOI INTRODUZIDO NA INDÚSTRIA PARA DAR MAIS FLEXIBILIDADE AO PLÁSTICO. ALÉM DESSA SUBSTÂNCIA, EMBALAGENS PLÁSTICAS TAMBÉM CONTÊM FTALATO, COMPONENTE QUE AJUDA A AMOLECER O PLÁSTICO E POTENCIALIZA O EFEITO DO BISFENOL NO CORPO. PAÍSES COMO CANADÁ, COSTA RICA, DINAMARCA E ALGUNS ESTADOS AMERICANOS JÁ PROIBIRAM O USO DAS SUBSTÂNCIAS. NO BRASIL, AS DISCUSSÕES SOBRE AS CONSEQUÊNCIAS MALÉFICAS DO BISFENOL-A SÃO RECENTES E ENTRARAM NA PAUTA DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, QUE ABRIU INQUÉRITO PARA INVESTIGAÇÃO.

NOS ESTADOS UNIDOS, EMBALAGENS PLÁSTICAS VÊM ACOMPANHADAS DE SELOS "BPA FREE", QUE GARANTEM A AUSÊNCIA DA SUBSTÂNCIA. NO BRASIL, O BPA AINDA É UTILIZADO, DESDE QUE OBEDEÇA AS EXIGÊNCIAS DA AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA (ANVISA), QUE LIMITA O USO EM 0,6 MG PARA CADA QUILO DE PLÁSTICO. SEGUNDO O ÓRGÃO, ESSA QUANTIDADE NÃO APRESENTA PERIGO PARA A SAÚDE E ALGUMAS EMBALAGENS JÁ ADOTAM SELOS DE CERTIFICAÇÃO, QUE INDICAM A PRESENÇA DE BISFENOL NO RECIPIENTE. GERALMENTE, O BISFENOL-A ESTÁ PRESENTE NO PLÁSTICO NÚMERO 7. SELOS COM NÚMEROS INFERIORES, COMO 3 OU 5, ESTARIAM LIVRES DA CONTAMINAÇÃO PELA SUBSTÂNCIA.

EM CONTRAPARTIDA, O MÉDICO SERGIO VAISMAN ACREDITA QUE ESTAS MEDIDAS NÃO SÃO SEGURAS. "O PLÁSTICO INDICADO PELO NÚMERO 7 SEM DÚVIDA É O QUE CONTÉM MAIS BISFENOL-A. MAS AINDA NÃO TEMOS GARANTIA DE QUE OS OUTROS PRODUTOS, INCLUSIVE OS QUE VÊM ACOMPANHADOS DO SELO "BPA FREE", SEJAM MENOS AGRESSIVOS À SAÚDE. NA MINHA OPINIÃO, TODO PLÁSTICO CONTÉM BISFENOL E ALTERA, SIM, O ORGANISMO", AFIRMA.

COMO SE PREVENIR

O ÓRGÃO AMERICANO QUE REGULA O SEGMENTO DE ALIMENTOS E MEDICAMENTOS, CONHECIDO COMO ‘FOOD AND DRUG ADMINISTRATION’ (FDA), APONTA QUE O VIDRO AINDA É A EMBALAGEM MAIS SEGURA PARA OS CONSUMIDORES, JÁ QUE NÃO É TÓXICO E LIVRE DE SUBSTÂNCIAS NOCIVAS À SAÚDE.

"O VIDRO É MUITO MAIS SEGURO, POIS NÃO TRANSMITE TOXINAS AOS ALIMENTOS E AINDA MANTÉM O FRESCOR DO QUE É ARMAZENADO. ALÉM DISSO, É 100% RECICLÁVEL E PODE SER RETORNÁVEL EM ATÉ 30 VEZES. ACREDITO QUE MUITAS PESSOAS AINDA SÃO RESISTENTES A ESTE MATERIAL, POIS SÓ TER EMBALAGEM DE VIDRO EM CASA DÁ A SENSAÇÃO DE UM RETROCESSO. MAS É PRECISO ATENTAR PARA OS BENEFÍCIOS TRAZIDOS PARA O QUE CONSUMIMOS E, PRINCIPALMENTE, PARA A NOSSA SAÚDE", FINALIZA O ESPECIALISTA.

Por: Equipe Personare

 


Contacto

Acessando a Divina Luz - Falando Sobre Saude